SUSTENTABILIDADE

Já ouvi alguns alunos dizerem que nunca entenderiam o que é globalização (modéstia a parte eles mudavam de idéia após eu explicar, hehe), pois este vídeo ilustra de forma excepcional o que nós professores tentamos explicar em várias aulas, levando talvez um bimestre inteiro.

Comentários sobre alguns dos tópicos abordados pelo vídeo

Desenhado para ir para o lixo

Você provavelmente se lembra dos carros dos anos 70, aqui no Brasil muitos ainda circulam por ai em péssimas condições, pois tem cerca de 40 anos de idade. Mas se aqueles carros de pára-choques rígidos, lataria consistente e acabamento interno de madeira hoje após décadas estão molambentos, imagine seu carro zero que te enche de orgulho daqui a 40 anos. Pois estes carros populares de hoje com peças de segurança feitas de plástico mais parece brinquedo de criança, e as estatísticas de vítimas fatais no trânsito sobem vertiginosamente com esta contribuição, embora o fator principal seja mesmo a imprudência e a impunidade de um país que permite a um sujeito embriagado atropelar trabalhadores em um ponto de ônibus e voltar pra casa no mesmo dia dirigindo.

Restam apenas 4% de área verde nos EUA

Bem diferente do Brasil, o desenvolvimento econômico dos Estados Unidos acompanhou de perto os passos da revolução industrial da Inglaterra, assim o território foi amplamente transformado pelos meios de produção destrutivos muito antes do primeiro ecologista ter voz na mídia. Aqui em nosso país temos hoje ambientalistas e empreiteiros pressionando o governo, um impasse quase sempre resolvido com propinas.

O papel do Brasil

Lembro que no final de um ano letivo uma aluna que se formava na oitava série estava chorando. Quando perguntei o motivo ela desabafou que seu pai não permitiu a sua matrícula no 1º ano do Ensino Médio. Perguntei se ela trabalhava para ajudar os pais no sustento da casa ou coisa parecida e ela disse que não. Na reunião de pais e mestres tive a oportunidade de perguntar sobre essa decisão e a resposta que ouvi foi a seguinte: “Filha mulher não tem que trabalhar fora nem estudar muito, sua obrigação é arrumar um bom marido que sustente a sua casa.” Itápolis, 2005.

Com o valor que o brasileiro da à educação não teremos nunca um papel ativo na política mundial, seremos sempre um dos países que dependem do capital estrangeiro, dos empregos temporários, das tecnologias importadas e dos míseros créditos de carbono.


Mídia

Todo ano uma novela nova, com uma temática nova, apresentando patrocinadores novos, e claro: centenas de produtos novos estampando a vitrine que todos nós trazemos para nossa casa, a TV. Quem está comprando as roupas, maquiagens e jóias indianas hoje provavelmente ainda tem jogado no fundo do guarda-roupa o manequim da Jade de “O clone” ou até algum dos modelitos usados pela Claudia Raia na última novela. “A programação da TV existe para que você não veja que o programado é você” (Música de Gabriel o pensador, “Até quando”).


Mundo encantado por alguns segundos e dívidas pela vida aforaO valor das pessoas

Quer fazer um garoto de 18 anos feliz?

Dê um carro para que ele faça sucesso com as meninas e com os amigos.

Quer fazer uma garota de 18 anos feliz?

Libere o cartão de crédito para que ela vá ao shopping e compre tudo que leve o nome de algo que já apareceu na TV.

Acredito que você já teve a oportunidade de entrar em um Shopping Center, mas reparou como todo o luxo, som suave e balconistas elegantes e perfumadas (os) fazem de tudo para você abrir um crediário sem lembrar-se do mundo real lá fora? Quem no instante em que compra uma calça de grife pensa se o dinheiro vai dar para o IPTU, IPVA, aluguel, telefone, dentista, etc. Estas lojas se transformam em um mundo de fantasia para você esquecer até mesmo quem você é! Me diga o que você pensa daquele novo programa no SBT “Esquadrão da Moda”, onde os apresentadores jogam as roupas do participante no lixo, humilham o mesmo dizendo que ele é ridículo e coisas do gênero. E isso é apenas uma cultura importada de outros países, assim como o SBT comprou o direito de transmitir uma versão brasileira do programa gringo. Por que ele faz sucesso? A resposta está no vídeo do início deste post.

SustentabilidadeEnfim Sustentabilidade

Um dos exemplos que costumo usar para que meus alunos entendam o que é sustentabilidade é o seguinte:

Em uma Cia. de Papel, uma grande área é reservada para as árvores que serão utilizadas para a produção industrial. Antigamente estas empresas usavam todo o potencial do espaço e quando atingiam o limite, migravam para um novo local. Hoje muitas delas dividem esta grande área em setores, onde enquanto utilizam um setor para manter sua produção a pleno vapor, o último setor utilizado tem um processo de reflorestamento para que quando todos os setores forem utilizados, aquele primeiro setor já possua árvores em tamanho útil para a indústria, assim não precisando provocar novo desmatamento em uma nova região. A empresa mantém sua sustentabilidade com um mesmo espaço de terra pré-determinado para toda a sua existência. Novidade? Nada, algo parecido já era feito durante o período medieval.

Sistema de rotatividade para autosustentabilidade na produção de papel


Lula e FHC

Governo x Corporações

Governar para o povo e pelo povo, assim diz os princípios da democracia, mas como isso pode acontecer na prática se não damos mais valor ao nosso voto do que os empresários (algumas vezes do ramo do tráfico) que patrocinam as campanhas eleitorais de candidatos onde, uma vez eleitos, ficam com o rabo preso com estes que tiveram participação direta na sua eleição e se tornando fantoches em uma rede criminosa de proporções globais.

Um privatizou tudo sem salvaguardar os direitos dos brasileiros, outro aumentou os gastos do governo de forma desenfreada. Por que aceitamos tudo isso pacificamente? Devemos esperar que um anjo caia do céu e assuma a presidência para resolver os problemas do país?

Wall-E

Algumas mídias sobre o assunto

Filme: Wall-E, teoria sobre o futuro da sociedade humana consumista vivendo longe do planeta que destruiu.


Assista ao vídeo e saiba o que “O Rappa” quis dizer com a música “Mostro invisível”


Crítica a indiferença


Peace and Love inc.

Comentem, perguntem e acrescentem o que ainda não foi dito. Conto com a sua participação.

Abraços

2 Comentários

  1. Nunca duvidei da tua capacidade, mas sua paixão pela educação fica mais explícita a cada palavra dita.
    Acompanho seus posts, me surpreendo a cada dia com uma nova forma de passar a realidade! Parabéns, é de professores assim que precisamos, pessoas que fazem da educação sua paixão, não simplesmente um comércio de diplomas!

  2. Muito bom adorei a reportagem, acho que seria muito bom sim se todos fizessem alguma coisa pra mudar não só nosso país mais esse mundo que esta se acabando por causa de muitos aproveitadores que se esquecem que necessitamos desse mundo pra viver ainda.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Ganhe o mundo aprendendo inglês de qualidade sem gastar muito

    O futuro que você sempre desejou está aqui

    Mais fotos
  • Enquete

  • Arquivos com todos os posts

  • mais acessados