O papel dos pais na educação

Uma coisa que nunca perderá sua importância é o papel dos pais na educação de seus filhos, pois apesar de precisar ser bem instruído ética e pedagogicamente para lidar com a criançada o professor não é responsável pelos bons hábitos que todo cidadão precisa ter desde pequeno, como respeitar colegas, hierarquia, patrimônio público, etc…

Entendo que muitos pais dependem da escola para que seus filhos tenham com quem passar o tempo enquanto estes trabalham, mas é muito importante que a família da criança não encare o professor da escola como uma babá de pequenos e grandes marmanjos ou até marginais que frequentam a rede escolar. A profissão do professor é a de instruir, capacitar os futuros trabalhadores brasileiros para a vida profissional e social. Enfim, aquele velho ditado nunca esteve tão em moda: “educação vem de casa”.

Reunião de pais e mestres

Se você tem filho em idade escolar você precisa:

Fazer sua matrícula e certificar de que seu filho frequenta as aulas diariamente;

Ajudar e incentivar nas atividades que o professor passar como tarefa;

Esclarecer para a criança a importância da escola para o seu futuro para que valorize seu ambiente, seus móveis, suas aulas, funcionários e seus colegas;

Cuidados com a higiene para que a escola não seja um foco de contaminação de doenças como a gripe suína ou contágio de pragas como piolhos;

Boa orientação sexual desde cedo para evitar gravidez infantil, doenças sexualmente transmissíveis e até o assédio de pedofilia;

Orientar sobre o perigo das drogas, infelizmente presente em grande parte das escolas brasileiras;

Jamais incentivar qualquer comportamento violento a seu filho.

Tudo isso pode garantir o sucesso de sua garotada na estrada da vida sem que graves problemas possam prejudicá-lo e até mesmo fazê-lo com que se volte contra a própria família.

Acontece nas melhores famílias

Você certamente já ouviu falar de Nelson Piquet, tricampeão na Fórmula 1, certamente um desportista de sucesso.

Pai e filho (Nelson Piquet)Mas a vida bem sucedida (inclusive financeiramente) não impediu seu nome de ser manchado quando seu filho se envolveu (talvez com o consentimento do pai) no episódio mais repugnante da história deste esporte.

Nelsinho Piquet e seu chefe Flávio Briatore combinaram um acidente proposital, colocando a vida de pessoas em risco, para favorecer o colega da mesma equipe Fernando Alonso que venceu a corrida.

Tudo indica que Briatore teria garantido contrato para Nelsinho continuar na equipe.

Mas isso não aconteceu. Após a demissão de Nelsinho, seu pai o tri-campeão do mundo, Nelson Piquet veio a tona com a informação para chantagear a equipe Renault de Flávio Briatore.


Lamentável quando o papel de um pai de repreender seu filho é substituído pela obsessão e pela falta de caráter passando-se como um chantagista barato e dando um péssimo exemplo, especialmente por se tratar de uma modalidade esportiva.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Ganhe o mundo aprendendo inglês de qualidade sem gastar muito

    O futuro que você sempre desejou está aqui

    Mais fotos
  • Enquete

  • Arquivos com todos os posts

  • mais acessados