A história que não se aprende na escola

13 DE MAIO E A LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS

Filme AMISTADÚltimo país no mundo a conceder liberdade aos negros escravizados (1888) o Brasil não tem do que se orgulhar nesta história. As tendências mundiais de contratação de trabalho assalariado que projetou a Inglaterra ao posto de potência mundial (revolução industrial) não eram bem vistas pelos latifundiários cafeicultores de nosso país. E a libertação dos escravos foi realizada mediante muitas concessões que favoreceram os proprietários e deixou os libertos quase sempre abandonados a própria sorte, pois, sem nenhum planejamento social estes acabaram à margem da sociedade brasileira que agora voltava seus olhos a mão-de-obra dos imigrantes. Se você fugir das cartilhas escolares e ler um bom livro de história vai saber que a expansão das favelas no Rio de Janeiro coincidiu com este período onde nem mesmo orfanatos dirigidos por religiosos aceitavam crianças negras.

13 de maio de 1888É fácil pedir para nossos alunos fazerem um desenho bem bonito sobre esta data comemorativa, o difícil é digerir a triste história da relação com os negros em cinco séculos de Brasil.

II GUERRA MUNDIAL

Ataque japonês a Pearl Harbour (1941)

Ataque japonês a Pearl Harbour (1941)

Quem assistiu ao badalado filme de Hollywood “Pearl Harbour” (2001) pode ter gostado dos efeitos especiais ou do elenco famoso, mas não pode engolir a débil vocação americana de querer contar a real história da humanidade. Não por incompetência mas sim por que foram protagonistas em um século de reviravoltas nos modos de se fazer política no globo  e desta forma tem interesse em “vender uma imagem de mocinhos” para o resto do mundo.

Diferente da história contada pelos americanos estes não são as vítimas dos japoneses mas sim o contrário, pois o ataque as bases americanas nas ilhas do Pacífico nada mais foi do que uma reação aos embargos e abusos que os EUA impunham ao então Império Japonês, concorrente de peso no vasto e populoso Pacífico Ocidental, um mercado importante ao ponto dos Yankees convencerem “gênios” das ciências exatas a produzirem uma bomba de destruição em massa, que supostamente seria usada contra Hitler, mas desde o início o plano era fazer uma demonstração de força para todos que se atrevessem a disputar mercado com a máquina capitalista norte americana.

RESUMINDO: Diferente do filme citado a maioria das vítimas americanas em Pearl Harbour não eram de heróis de guerra, mas sim de soldados rasos, estereótipos altamente discriminados pela sociedade do período como negros, imigrantes e prisioneiros em condicional prestando serviço a marinha. Isca conveniente a um ataque anunciado e certamente esperado pelo governo de Roosevelt, talvez não imaginassem que os japoneses teriam tanto sucesso e se mostrariam um osso duro de roer até mesmo para os militares mais ricos e bem equipados. A guerra que levou os americanos ao topo deixou prejuízos aos japoneses como alta dívida externa, proibição da manutenção de um exército próprio e 30 anos de mortes atribuídas a radiação de duas bombas atômicas que pulverizaram milhares para que o comércio americano encontrasse fronteiras abertas em todos os continentes.

3 Comentários

  1. Boa Helder…
    falta gente que nos conte a real história para que deixemos de acreditar em todas as besteiras que nos são passadas.
    É impossivel alguém chegar a tão elevado patamar sendo sempre o “mocinho defensor dos fracos e oprimidos”.
    Parabéns

  2. Ola. Eu estou muito espantada com o que acabo de saber , vejo agora que o que aprendi ate hoje é muita mentira e baboseira! Por falta de informação , hoje vejo que tem muita hitórias reais que as escolas não passam ! Não entendo bem ainda o por que…
    Parabéns por ter coragem e nos contar a real historia!

    Obrigado

    Arendi muito mais aqui lendo esse pequeno texto do que os anos que passei na escola!
    (rsrs)

    • Obrigado Suellem,

      espero contar com a sua visita mais vezes e aos outros artigos presentes neste mesmo blog, é uma satisfação conhecer gente disposta a aprender mais sobre o mundo em que vive
      Abraços


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Ganhe o mundo aprendendo inglês de qualidade sem gastar muito

    O futuro que você sempre desejou está aqui

    Mais fotos
  • Enquete

  • Arquivos com todos os posts

  • mais acessados